Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Secretário de Estado da Administração Interna veio a Paredes assinar protocolo

 

Posto da GNR de Lordelo vai finalmente sair do papel

 O Secretário de Estado da Administração Interna, Rui Sá Gomes, presidiu à assinatura de um protocolo entre a Direcção-Geral de Infra-estruturas e Equipamentos do MAI, a Guarda Nacional Republicana e a Câmara Municipal de Paredes para construção de um novo posto da GNR em Lordelo.
O edifício será construído num terreno municipal, estando a empreitada a cargo do município e o projecto e os custos associados à sua execução sob a responsabilidade da DGIE, ao abrigo da Lei de Programação das Forças de Segurança, através da qual se prevê um investimento de 1 milhão de euros. Servirá, dentro de dois anos, uma população de cerca de 50 mil habitantes. De acordo com o Secretário de Estado “não faz sentido falar em cidadania plena se não houver segurança que é uma prioridade que tem que existir em todo o país”. O “sucesso da segurança depende de todos”, acrescentou o governante.
Rui Sá Gomes referiu que durante este ano vão entrar ao serviço 4500 novos agentes da PSP e GNR, que melhorarão a capacidade de resposta das forças de segurança. “É um esforço notável de todo o país. Isto não é propaganda. São factos. Isto representa uma aposta decisiva do governo no domínio da segurança, porque é a primeira das liberdades”, avançou.
“Toda a aposta na segurança é das mais rentáveis, o retorno é muito mais rápido”, deu conta o Secretário de Estado.
Agradeceu o empenhamento do Presidente da Câmara Municipal de Paredes e da Governadora Civil do Porto. Acredita que o referido protocolo vai permitir a melhoria das condições de trabalho das forças de segurança e dignificar as forças de segurança no exercício das suas funções. “Não se trata de mais um protocolo para ficar na gaveta é para cumprir”, concluiu.
O Presidente da Câmara de Paredes, Celso Ferreira, acredita que a construção do novo quartel da GNR, em Lordelo, vai finalmente ser uma realidade. “Desta vez é que é”. O documento foi, pela primeira vez, homologado por um membro do governo, asseverou.
“Quando há entendimento entre a tutela e a administração local os processos avançam e foi isso que aconteceu”, sublinhou ao autarca.
O autarca espera que este investimento seja complementado com o reforço dos militares da GNR no concelho de Paredes.
Celso Ferreira expressou o agradecimento à Governadora Civil do distrito do Porto, Isabel Oneto, presente na cerimónia, pelo “contributo e disponibilidade permanente e total”.
O novo posto da GNR de Lordelo deverá estar concluído dentro de dois anos e vem reforçar a segurança no concelho.
De acordo com o protocolo, o município de Paredes compromete-se a promover e fiscalizar a empreitada de construção do posto territorial da GNR.
A DGIE fornecerá ao município o projecto de execução do modelo de referência relativo ao Posto Territorial e o Município procederá à adaptação do projecto de execução com o terreno.
Os custos de execução da empreitada serão suportados pela DGIE até ao valor da adjudicação, acrescido de IVA, que suportará ainda os encargos com eventuais trabalhos a mais, até ao limite de 5% do valor da adjudicação.
Concluída a empreitada, o Município paredense formalizará a doação do terreno ao Estado, com vista ao impulso do processo de doação, junto da Direcção Geral do Tesouro e Finanças.

                                                                                  

2 comentários

Comentar post