Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

16.ª Mostra de Mobiliário Paredes Rota dos Móveis abre amanhã

O Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo, volta a ser palco, a partir das 10 horas de amanhã (dia 7) e até ao próximo dia 15, de mais uma edição da Mostra de Mobiliário de Paredes, iniciativa da responsabilidade conjunta da Câmara Municipal e da Associação Empresarial de  Paredes.

Com mais esta aposta nos eventos dedicados ao mobiliário, Paredes reafirma a pujança do concelho no que se refere à indústria de mobiliário, sendo seguro que este centro produtor é responsável por 65% da produção nacional.

Neste sentido, e depois dos assinaláveis êxitos que constituíram as edições anteriores da Mostra de Mobiliário "Paredes-Rota dos Móveis", seja as realizadas em Lordelo, seja a levada a cabo por ocasião da FIL-Intercasa, a Câmara Municipal de Paredes acredita que esta é a melhor forma de promover e dinamizar o sector da indústria de mobiliário.

O certame, que estará aberto ao público e a profissionais, terá nove dias de duração e pretende-se que se distinga pela qualidade apresentada, quer ao nível dos stands, quer ao nível da sua decoração e design.

Os objectivos da Mostra de Mobiliário Paredes Rota dos Móveis 2008 passam por promover e dinamizar o sector da indústria de Mobiliário, apresentando produtos e/ou serviços que se relacionem com o sector do mobiliário, divulgar Paredes como o local ideal para adquirir mobiliário e afirmar "Paredes - Rota dos Móveis" a nível nacional.

Mais de 15 anos depois da última iniciativa do género, o município de Paredes regressou em força à promoção do "cluster" do mobiliário, desenvolvendo de forma consistente a marca Rota dos Móveis que caracteriza o concelho.

O ambiente da mostra, inspirado nos pavilhões de prestígio das mais importantes feiras internacionais, procura garantir protagonismo aos produtos, alimentando a convicção que esta solução permitirá atingir o nível, como evento de prestígio, de idênticas iniciativas das feiras de Milão e Paris.

Para 2008 as novidades passam pelo reforço do número de participantes e pela aposta  numa maior área de exposição, ainda que, para tanto, seja necessário recorrer à instalação de pavilhões pré-fabricados.

Outra novidade de vulto prende-se com o horário de funcionamento, antecipado para as 10 horas da manhã aos fins-de-semana e feriado, procurando facilitar assim a deslocação de visitantes da zona Sul do País e da vizinha Espanha.

Também o programa complementar não será descurado apostando-se em que a Mostra seja uma parte (a mais significativa) de um todo que será o programa de realizações a levar a cabo durante toda a semana e que envolve diversos seminários, com especial incidência para o subordinado à temática da eficiência energética.