Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

16.ª Mostra de Mobiliário da Rota dos Móveis

 

 

PORQUE A CRISE SE COMBATE COM INVESTIMENTO

 

“Temos de fazer investimentos em tempo de crise para que a economia descole” e “os municípios não se podem demitir da obrigação de criar riqueza”, foram as ideias chave defendidas por Celso Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Paredes na abertura da 16.ª Mostra de Mobiliário do concelho, evento que decorre até ao próximo domingo no Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo.

 

Numa cerimónia bastante concorrida, o autarca teve oportunidade de vincar que a autarquia encara a Mostra como a melhor forma de promover “a multiplicação de negócios, beneficiando assim a economia local e regional. Os novos tempos não de compadecem com lamentos. Temos a obrigação de criar riqueza e de ajudar aqueles (os industriais) que garantem o equilíbrio social de um concelho que depende, em larga escala, da indústria do mobiliário”.

 

Acompanhado de Elsa Leite, presidente da Associação Empresarial de Paredes, dos demais vereadores e outros eleitos locais, Celso Ferreira percorreu demoradamente todos os espaços de exposição trocando impressões com os industriais e deixando claro que a aposta na Mostra é para continuar.

 

“Crescemos bastante nos dois últimos anos e estou certo que iremos continuar a inovar, surpreendendo tudo e todos. Esta Mostra é bem o exemplo do muito que pode ser feito e do quanto ainda pudemos surpreender aqueles que desconhecem a nossa vontade de fazer mais e melhor” - vincou.

 

Ao cabo de dois dias é já possível traçar o perfil dos principais visitantes da Mostra com claro predomínio para a região Centro (eixo Viseu/Aveiro) e para a Galiza que proporcionou em interessante afluxo de potenciais clientes. Mas também se registaram visitantes do Algarve e Lisboa. Como curiosidade assinale-se ainda a presença de visitantes provenientes de Itália e França, algo que constitui recompensa bastante para o esforço promocional desenvolvido.

 

Estabelecendo paralelismo com a edição do ano transacto, é convicção dos promotores que se assiste a um claro fenómeno de mudança do tipo de visitante e dos objectivos em que centra a sua deslocação até ao Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo. Mais do que visitar por visitar, nota-se que quem demanda o espaço da Mostra procura oportunidades de negócio e vem disposto a investir em mobiliário de design e qualidade, de acordo com as características do evento.

 

Por todas estas razões, é crível que os próximos dias fiquem assinalados por um ainda maior afluxo de pessoas tanto mais que no feriado de hoje (terça-feira), sábado e domingo o certame abre as suas portas pelas 10 horas.

 

Considerada a melhor feira de mobiliário do país, a Mostra de Mobiliário Paredes Rota dos Móveis caracteriza-se pela apresentação de um enquadramento original no qual a organização dos espaços se inspira no modelo das principais feiras internacionais como Milão e Paris. 

 

A 16.ª Mostra de Mobiliário Paredes Rota dos Móveis é, pois, um evento de prestígio com preocupação no valor acrescentado, na qualidade dos produtos e dos ambientes, tudo isto com a garantia total de fabrico nacional.