Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Jovem ciclista da Fercase-Paredes Rota dos Móveis convocado para os Jogos Olímpicos de Pequim

 

O jovem ciclista da Fercase-Paredes Rota dos Móveis, André Cardoso (23 anos) é um dos três seleccionados para representar Portugal nos Jogos Olímpicos de Pequim. Depois da vitória da classificação do Prémio da Montanha na Volta a Portugal 2007 e de uma participação no Campeonato do Mundo de Sub-23, as Olimpíadas surgem como o ponto mais alto de uma promissora carreira.

A notícia já circulava nos bastidores muito embora a confirmação oficial apenas tenha
surgido ontem, aquando da apresentação oficial da comitiva que vai rumar á China para representar Portugal nas Olimpíadas de Verão.
André Cardoso, foi um dos escolhidos para participar na prova de estrada, uma chamada que passa a constituir o ponto alto da promissora carreira do ciclista da Fercase-Paredes Rota dos Móveis, nascido em Gondomar há 23 anos - completa 24 anos no próximo dia 3 de Setembro.

Em Torres Vedras, onde se encontra em estágio para alinhar em mais uma edição do Grande Prémio Internacional Joaquim Agostinho, André Cardoso recebeu a notícia com um misto de alegria e contenção.

Naturalmente satisfeito pela chamada não disfarçava o nervosismo inerente aos grandes momentos. "É uma sensação incrível. Já tinha sido extraordinário vencer o Prémio da Montanha na Volta do ano passado mas agora é tudo muito estranho. Sinto uma sensação estranha porque é algo que ainda vai acontecer mas de que sinto já os efeitos.
Naturalmente estou contente porque é o reconhecimento do trabalho eu tenho desenvolvido ao longo dos anos, em parceria com os demais elementos da Fercase-Paredes Rota dos Móveis. Embora seja eu o escolhido, penso que é um prémio merecido para todos"- disse-nos.

Muito embora o tempo que mediou entre o anúncio da convocatória e a conversa não tenha sido grande, sempre deu para perceber André Cardoso e a sua equipa já se começaram a movimentar para fazer face a este novo desafio.

"Sei que é uma prova em linha de um dia com bastantes quilómetros, mais do que o
habitual, pelo que o Mário Rocha (director desportivo da equipa) e o Prof. Algarra
(treinador) estão já a delinear uma revisão do plano de preparação que me permita estar em condições de fazer o melhor possível. Depois de lá estar vou apostar tudo em chegar ao fim, se possível entre os primeiros."

Sobre as repercussões que esta presença Olímpica pode ter na futura participação na Volta a Portugal, André Cardoso não exibe receio. "Uma coisa de cada vez. Depois dos Jogos há tempo suficiente para recuperar do esforço físico. O pior pode ser a diferença de fuso horário mas nem pensem que me vou esconder em desculpar fáceis para não defender a posição conquistada o ano passado. Vou estar na Volta para lutar e para, mais uma vez, dar o melhor contributo a uma equipa que sempre me tem acarinhado e a quem deve, em grande parte, esta chamada à selecção".

Profissional desde 2006, este trepador nato (1,68m metros e 57 quilos) conta no seu
currículo com triunfos na Volta a Portugal do Futuro e na Volta à Madeira para além de vitórias no Prémio da Montanha na Volta do ano passado e a camisola da Juventude no Grande Prémio Paredes Rota dos Móveis.

Nesta "aventura Olímpica" André Cardoso vai ter a companhia de Sérgio Paulinho e Nuno Ribeiro.