Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Fercase-Paredes Rota dos Móveis no Grande Prémio de Torres Vedras

CHEGADA AO ALTO DE MONTEJUNTO TROUXE ALGUMAS SURPRESAS

A etapa rainha da 31.ª edição do Grande Prémio Internacional de Ciclismo de Torres Vedras trouxe surpresas boas e más para a Fercase-Paredes Rota dos Móveis. Se colectivamente a equipa esteve em bom plano, com especial destaque para Alexis Rodriguez e Virgílio Santos, já individualmente as "coisas" não correram pelo melhor a André Cardoso que caiu na classificação geral.

O fascínio do ciclismo reside na inigualável facilidade com que atrai público para a berma da estrada e na impossibilidade quase absoluta de prever resultados. Não é suficiente estar num bom momento de forma e de pouco vale estar bom posicionado por tudo se pode desmoronar num ápice. Basta uma pequena indisposição ou um daqueles dias em que "mais valia ficar em casa".

Valem estas considerações a propósito do verificado na "etapa rainha" do Grande Prémio Internacional Joaquim Agostinho com chegada ao Alto de Montejunto e na qual a equipa da Fercase-Paredes Rota dos Móveis teve um desempenho repartido entre o muito positivo e a desilusão.

Posicionado entre os dez primeiros, à partida, André Cardoso era claramente a grande aposta para chegar aos lugares cimeiros. No entanto, uma estranha conjugação de factores impediu o "olímpico" de chegar na frente e "atirou-o" para um 20.º lugar pouco condizente com a o seu momento de forma actual. Sem querer arranjar "desculpas fáceis" foi fácil perceber o desencanto do jovem ciclista que "queria fazer mais mas não consegui".

"Foi um dia estranho. Por qualquer razão queria andar com os da frente mas parece que pedalava para trás. Foi um dia mau, que todos têm, pelo que há que levantar a cabeça e pensar que amanhã vai ser melhor e que tudo pode dar uma grande reviravolta" - confessou.

Inversamente, Alexis Rodriguez, Virgílio Santos e Micael Isidoro tiveram desempenhos bastante positivos e projectaram a equipa para posições de destaque já que todos se encontram na primeira vintena de posições numa tabela classificativa que reflecte bem as dificuldades da última grande prova internacional do calendário português antes da Volta a Portugal.

Amanhã (sábado) cumpre-se a quarta etapa que irá rolar entre a Praia da Areia Branca e o Vimeiro e a maior dificuldade está a cerca de 20 km da chegada, com a meta de Montanha de 3.ª categoria em Ribamar.

Classificação Geral - Individual

1.º Koldo Gil                     Liberty                         12h28m24s
2.º Danail Petrov               Benfica                        a 07s
3.º Tiago Machado            Madeinox-Boavista                a 27s
14.º Alexis Rodriguez        Fercase-Rota dos Móveis        a 01m48s
15.º Virgílio Santos            Fercase-Rota dos Móveis        a 02m01s
20.º André Cardoso           Fercase-Rota dos Móveis        a 02m09 s
22.º Micael Isidoro             Fercase-Rota dos Móveis        a 02m30s
44.º David Vaz                  Fercase-Rota dos Móveis        a 07m42s
84.º Bruno Barbosa           Fercase-Rota dos Móveis        a 29m18s

Por Equipas
 
1.ª Contentpolis-Murcia             37h28m55s
2.ª  Extremadura                       a 29s
3.ª Liberty Seguros                    a 01m10s
5.ª Fercase-Rota dos Móveis      a 01m55s

Prémio da Montanha

1.º  Koldo Gil                Liberty Seguros                        20 pontos
7.º  Bruno Barbosa                Fercase-Rota dos Móveis                10 Pontos
10.º Alexis Rodriguez        Fercase-Rota dos Móveis                7 Pontos
14.º André Cardoso                Fercase-Rota dos Móveis                4 Pontos