Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Equipamentos para a Cruz Vermelha de Lousada

 

 

Resultado da campanha nacional “Causa Maior”
 
Na passada terça-feira, dia 12, teve lugar a entrega de equipamentos hospitalares provenientes da campanha nacional “Causa Maior”, levada a cabo pela loja Modelo em colaboração com a Cruz Vermelha Portuguesa.
O Director do Modelo de Lousada, José Lourenço, entregou à Cruz Vermelha Portuguesa de Lousada, representada pelo Presidente Dr. Sandro Sousa, oito cadeiras de rodas, cinco camas articuladas manuais, cinco grades, sete pendurais e cinco colchões.
De acordo com José Lourenço “este é o resultado da campanha realizada a nível nacional, sendo este material correspondente às vendas do livro da campanha na loja de Lousada, por alturas do Natal”. A escolha do material foi da responsabilidade da Cruz Vermelha de Lousada, de acordo com as suas necessidades e tendo em linha de conta o valor estipulado.
José Lourenço referiu que “este é um grande momento para Lousada, pois está concretizada a ajuda do Modelo à população sénior com benefícios na melhoria da qualidade de vida que quem mais precisa. É também um momento especial para toda a equipa do Modelo de Lousada que vê os frutos do seu envolvimento nesta causa”.
O responsável pela loja de Lousada destacou ainda o facto de “estes resultados materializarem todo o esforço feito e poder ser usado pela população local que mais necessita destes equipamentos”.   
Para o Presidente da delegação da Cruz Vermelha de Lousada, Dr. Sandro Sousa, “esta oferta vem suprir algumas dificuldades dos mais idosos do concelho com carências económicas. O material recepcionado através desta campanha é emprestado pela instituição às pessoas que necessitam do equipamento, de modo a permitir rotatividade”.   
Relativamente à iniciativa o responsável da Cruz Vermelha destaca que “esta é apenas o primeiro passo, dado que pensamos em encetar outras em conjunto com o município, que sempre se mostrou disponível para tal”. Foi ainda dado como exemplo o facto da Cruz Vermelha ser parceira na Rede Social, tendo como finalidade a resolução de situações de carência verificadas no concelho. 
O Presidente da Câmara, Dr. Jorge Magalhães, afirmou que “a Cruz Vermelha Portuguesa é uma entidade importante no combate às desigualdades. Por isso esta é uma das muitas iniciativas que podem, e vão, certamente surgir”.
O autarca teve ainda a oportunidade de destacar “a importância desta parceria entre o Modelo e a Cruz Vermelha, no sentido fazer face a situações de carência de existentes”.
A parceria da Cruz Vermelha local com a Rede Social é vista pela Câmara como um factor positivo. Nessa medida a autarquia encontra-se disponível para trabalhar em conjunto com a Cruz Vermelha, no intuito de melhorar a qualidade de vida das pessoas mais necessitadas”, destacou o Dr. Jorge Magalhães.      
 
“Causa Maior” é nacional
A campanha “Causa Maior” angariou 330 mil euros, que estão a ser distribuídos pelas 93 localidades onde o Modelo tem lojas abertas ao público. O material escolhido pelas delegações da Cruz Vermelha foi muito variado, de modo a contribuir para o bem-estar da população sénior.
Através da campanha foram efectuadas 30 cirurgias às cataratas, cerca de 1800 equipamentos para rastreios, 130 unidades de material geriátrico, 42 pacotes de tele-assistência, diversos géneros alimentares, material informático, artigos de higiene pessoal, mobiliário, acções de formação e sensibilização, entre outras acções.    
 
“Pilhas de livros” para Lousada
O Modelo promoveu a campanha nacional “Pilhas de livros”, que teve como finalidade a troca de pilhas usadas por livros, entre 15 de Março e 15 de Maio.
No concelho de Lousada foram oito os estabelecimentos de ensino que se associaram à campanha, mas somente um deles foi contemplado pelo Modelo com o prémio. A entrega dos livros, previamente seleccionados pela instituição, vai ser realizada no início do próximo ano lectivo. 
De acordo com José Lourenço “foi premiada uma escola por cada hipermercado Modelo, tendo em conta a escola que maior número de pilhões”. No total foram premiadas 120 escolas, das 900 que concorreram.
Ainda de acordo com palavras do Director do Modelo de Lousada “esta iniciativa é desenvolvida anualmente desde 2004. Desde o seu início já permitiu a recolha de 19,5 milhões de pilhas para reciclagem e a entrega de aproximadamente 90.000 livros, sendo responsável por cerca de 20 por cento do total das pilhas recolhidas anualmente em Portugal”. A campanha deste ano contou com a colaboração de 200 mil alunos e mais de três milhões de pilhas entregues para reciclagem.
Para José Lourenço “o objectivo desta campanha é contribuir para a preservação do meio ambiente e simultaneamente fomentar hábitos de leitura. Esta iniciativa surge no seguimento de outras campanhas de responsabilidade social dos hipermercados Modelo, que têm nas acções de melhoria das condições da região que os envolve, uma das suas principais prioridades”.
José Lourenço destacou também que “nesta iniciativa o Modelo contou com as parcerias da campanha do Plano Nacional de Leitura, que recomenda todos os livros que oferecemos como prémio às escolas e ainda da Ecopilhas, que dá todo o apoio logístico à campanha”.
O Modelo iniciou no dia 18, segunda-feira, a nova campanha Escola Modelo, através da qual o hipermercado ajuda as escolas a equiparem-se com material informático e desportivo, dando-lhes parte das receitas da venda da linha escolar exclusiva do Cristiano Ronaldo.

 

                                                                                                                          Gabinete de Imprensa da

                                                                                                                  Câmara Municipal de Lousada