Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Presidente da Câmara de Penafiel está contra encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos, nas Termas de S. Vicente

balcao.jpg

Antonino de Sousa enviou, no próprio dia da decisão da Administração da CGD, um oficio a solicitar a reversão desta resolução

 

Depois de a Câmara Municipal de Penafiel ter tomado conhecimento, através da comunicação social, da decisão da Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) de encerrar 61 agências, entre as quais, o balcão situado na Freguesia de Termas de S. Vicente, o Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, insurgiu-se contra esta decisão e enviou, de imediato, um ofício ao Presidente da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos, Paulo Macedo e ao Ministro das Finanças, Mário Centeno, a insurgir-se contra o encerramento e a solicitar a reversão desta decisão.

Antonino de Sousa não compreende esta decisão e acrescenta que, “a confirmar-se, esta decisão irá criar um grande transtorno à população da zona sul do Concelho de Penafiel que, diariamente, utiliza o balcão da CGD para realizar as suas operações financeiras. A CGD é uma entidade pública que deve desempenhar uma função social, nomeadamente, servir como elo de ligação entre o Estado e os cidadãos. Há um conjunto de clientes que recorrem ao banco público para realizar os seus movimentos financeiros e, essas pessoas, habituaram-se a olhar para a CGD como a instituição financeira de referência e como a entidade parceira da sua vida financeira.

A Câmara Municipal de Penafiel está manifestamente contra a proposta de encerramento da Agência da CGD de Termas de S. Vicente, e solicitou a reversão desta decisão que, será prejudicial para o Município de Penafiel e, sobretudo, para os clientes da Caixa Geral de Depósitos.

CM Penafiel