Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Lousada: Quinta da Magantinha foi melhor pavilhão da Mostra

Ateliês promoveram produtos locais

 

A Mostra de Produtos Locais conta já com vários anos de existência, mas sempre renovada na exposição, venda e degustação de artigos tradicionais, captando o interesse de muitos visitantes e curiosos.

O programa deste ano caracterizou-se por mais uma originalidade, com vários pavilhões que exibiram algumas das muitas virtualidades agrícolas e gastronómicas da terra, convive com várias iniciativas complementares, num programa diversificado para satisfazer diferentes expectativas.

Para a Vereadora das Actividades Económicas, Dra. Cristina Moreira, “ esta edição da Mostra foi muito positiva, em que os produtores locais tiveram a oportunidade de mostrar ao público os que de melhor produzem, nomeadamente através dos ateliês realizados”.

Aliar a gastronomia à animação cultural e ambas à promoção turística constitui um dos objectivos da mostra, para além da divulgação das potencialidades locais, estimulando a actividade económica e promovendo um concelho, que, especialmente nos dias de Verão, oferece muitos atractivos.

Ainda de acordo com a Dra. Cristina Moreira “esta Mostra de Produtos Locais tem sido, desde ao primeira edição, um sucesso, dado que procuramos destacar e promover o que de melhor se produz no concelho. Este é certamente um conceito a repetir”.

No sentido de premiar quem mais se destacou a organização da Mostra atribui um prémio de 200 euros ao pavilhão que mais cativou o júri. Desta forma, no encerramento da Mostra, foi entregue o prémio aos proprietários da Quinta da Magantinha, S. Miguel.

Ateliês promoveram produtos locais

Na sexta-feira, dia 15, coincidindo com a abertura da Mostra, decorreu um “show cooking” dirigido pelo Chefe Samuel do Restaurante Visconde. Perante o olhar curioso de todos os que se sentaram para assistir e degustar os pratos que foram cozinhados e apresentados. Os pratos para degustação apresentados tiveram a colaboração dos produtores Quinta da Tapada, D. Maria de Lurdes, Quinta da Magantinha, Museu Vivo do Pão, Capricho dos Bosques, Quinta de Lourosa, Quinta do Soutinho e António Santos Magalhães.

A noite de abertura da Mostra foi animada pelo cantor lousadense Duarte Morais e as suas bailarinas. Já no sábado, dia 16, actuou o grupo tradicional Raízes do Vale do Sousa. No domingo, actuou o Grupo de Cantares e Grupo de Dança da Associação Os Pienses.

O ateliê de broa para crianças, com um museu vivo do pão, e actuação do Rancho Folclórico Juventude de Boim, animaram a noite de segunda-feira.

Durante os dias em que decorreu a Mostra houve ainda tempo para a prova de sopas, ateliê dinamizado pelo restaurante Tico-Tico e A Minha Tasquinha. No encerramento o ateliê “Desfruta da fruta”, iniciativa da Quinta da Magantinha, dos Frutos Dharmonia e da Associação de Produtores de Melão de Casca de Carvalho e Hortícolas do Vale de Sousa. 

No final deste evento a Vereadora das Actividades Económicas referiu que “a Mostra teve um balanço muito positivo, na medida em que foi possível mostrar o que de melhor se produz no concelho. Por isso deixo um desafio aos lousadenses para que comprem cada vez mais produtos locais”.