Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

“Lousada é um exemplo a nível nacional”

Segundo  Armando Leandro, Presidente da Comissão Nacional das CPCJ
 
            “Sinais de um presente…Intervenção para um futuro” - este é o lema das Jornadas Sociais de Lousada que decorrem hoje e amanhã, no Auditório Municipal.
            Na sessão de abertura das Jornadas, o Presidente da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e  Jovens em Risco, Dr. Armando Leandro, felicitou a organização pela realização mencionando que “Lousada é um exemplo a nível nacional pelo trabalho desenvolvimento na área social, comprovado com a diminuição em 51% dos casos de abandono escolar, fruto de um conjugar de sinergias entre as diferentes entidades”.
            Para o Presidente da Câmara Municipal de Lousada, Dr. Jorge Magalhães, estas Jornadas visam “promover a discussão e reflexão acerca de várias problemáticas e obter pistas para operacionalizar procedimentos”.
            O autarca referenciou o trabalho desenvolvido, ao nível das crianças e jovens em risco, “exercido com enorme diligência, competência e voluntarismo da Comissão de Protecção”. O papel desenvolvido no combate ao abandono escolar foi referenciado por constituir “um dos aspectos mais trabalhados pelas equipas multidisciplinares onde foi possível reduzir a taxa em mais de 50%, fruto de uma actuação integrada”.
            A qualificação da população em geral constitui outra preocupação do município expressa no Plano de Desenvolvimento Social realçando a assinatura do protocolo do Programa Novas Oportunidades em Lousada, que será firmado na próxima quarta-feira, dia 16, com a presença dos Secretários de Estado da Formação e Emprego e da Industria e Inovação.
 
            “Percursos de risco e suas encruzilhadas” – foi o título do primeiro painel, com uma abordagem do papel do Ministério Público, pelo Dr. Maia Neto, Procurador-adjunto; a importância da identificação precoce de situações de maus-tratos, risco e suas consequências, pelo Dr. Carlos Peixoto da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade do Porto; e, a completar, a análise da intervenção com crianças vitimizadas, apresentada pela Dr. Ana Luísa Pereira, da Unidade de Consulta em Psicologia da Justiça, da Universidade do Minho.
                        Da parte da tarde decorre o segundo painel designado - “Desconstruir o fenómeno do abandono escolar”. A tarde termina com uma mesa redonda sob a designação de “novas alternativas ao abandono escolar”, com a participação do Dr. António Leite, subdirector da DREN, Dr. José Manuel Castro, Director do CACE Cultural do Porto, Dr. Fernando Coelho, Coordenador do PETI Norte, Dr.ª Cristina Moreira e Prof. Eduardo Vilar, vereadores da Câmara de Lousada, Dr. Sousa Pinto, do Centro de Emprego de Penafiel e a Presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas Lousada Norte, Dr.ª Ernestina Sousa.
            O dia termina com um jantar servido pela turma do Curso Formação Ensino da EB 2,3 de Lousada.
            Amanhã, o primeiro painel - “A inclusão Social para o desenvolvimento local”, conta com a intervenção da Coordenadora da Comissão Inter-ministerial do Plano Nacional; o Presidente do Instituto de Solidariedade Social (ISS), Dr. Edmundo Martinho vai abordar as medidas sociais; a rede social vai ser analisada pela Dr.ª Cristina Fangueiro, Directora do departamento de protecção social e cidadania do ISS; e a Dr.ª Paula Santos, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, vai analisar o QREN numa perspectiva social.
            O debate vai ser moderado pelo Dr. Vítor Dias, Delegado Regional do Instituto Português da Juventude do Porto.
            “Reflectir para intervir na deficiência” é o tema do painel, a decorrer na parte da tarde de sexta-feira. Após a apresentação do “Olhar indiscreto”, pelo grupo “Era um vez…teatro”, da APPC do Porto, a Coordenadora Nacional da Estrutura da Missão do Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos, Dr.ª Elza Pais, vai abordar a igualdade de oportunidades para indivíduos com deficiência, seguindo-se a análise dos percursos e respostas para a deficiência, pelo Dr. José Barros, Presidente da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra. 
            A mesa redonda, “respostas e perspectivas concelhias à deficiência”, tem como intervenientes a Vereadora da Acção Social, Dr.ª Cristina Moreira, o representante dos apoios educativos dos agrupamentos de escolas de Lousada, Dr.ª Pina Guedes e a representante do projecto Rasip, Dr. António Silva. O debate vai ser moderado pelo Dr. João Cotim Oliveira, +provedor municipal dos cidadãos com deficiência da Câmara Municipal do Porto.

            Após, o encerramento das Jornadas, na Praça das Pocinhas, pelas 19horas vai ser inaugurada a XIII Feira de Artesanato da 3.ª Idade e Solidariedade.

Gabinete de Imprensa CM de Lousada