Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Município de Paços de Ferreira inaugurou Centro Interpretativo da Citânia de Sanfins

 

 

As 30 mil pessoas que anualmente visitam a Citânia de Sanfins têm à disposição o “novo” Centro Interpretativo da Estação Arqueológica da Citânia de Sanfins, que contribui para a compreensão daquele espaço.
A reabertura decorreu na tarde do passado domingo, perante centenas de pessoas que procuraram sobretudo assistir a uma recriação da cultura castreja e que mobilizou 50 crianças que frequentam o campo de férias da Citânia.
 
Situado num original edifício em cimento armado e vidro, nas imediações da Estação Arqueológica da Citânia de Sanfins, o Centro Interpretativo insere-se num planalto granítico sobre uma paisagem verdejante. A estrutura, que reabriu com novas valências (bar, auditório e sala de exposição permanente) pretender ser um centro de apoio ao visitante, fornecendo toda a informação necessária à visita à Estação Arqueológica.
Estiveram presentes na cerimónia de inauguração o presidente do município, Pedro Pinto, o vereador do pelouro da cultura, António Coelho, o presidente da Junta de Freguesia de Sanfins, Joaquim Santos e o assessor do IGESPAR, Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, Pedro Baer.
Um dos pontos altos da cerimónia de inauguração foi a recriação história alusiva à cultura castreja, realizada por meia centenas de crianças e jovens que participam no campo de férias, realizado pela Citânia de Sanfins. Esta recriação envolveu também o grupo profissional “Passado Vivo”.
 
 
 
GCI
Gabinete de Comunicação e Imagem
Olga Leite