Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Rede Concelhia para a Qualificação formalizada em Paços de Ferreira

 
  
As 14 entidades públicas e privadas do concelho, quase todas acreditadas para dar formação, que a Rede Social de Paços de Ferreira conseguiu congregar com o objectivo de qualificar a população do concelho, acabam de formalizar a estratégia para esta área, bem como a oferta formativa que se dispõem desenvolver.
A reunião decorreu na Câmara Municipal na passada quarta-feira, dia 30.
Esta consensualização surge depois de um diagnóstico rigoroso sobre as necessidades formativas do concelho.
Os cursos que vão estar disponíveis, quer para jovens quer para a população activa, serão divulgados em breve.
 
As entidades formadoras do concelho que integram esta Rede Concelhia para a Qualificação são a Associação Empresarial de Paços de Ferreira, Agrupamentos de Escolas de Paços de Ferreira, Dr. Manuel Pinto de Vasconcelos de Freamunde, de Frazão e de Eiriz, Escola Secundária de Paços de Ferreira, Direcção Regional de Educação do Norte – Equipa de Apoio às Escolas do Sousa e Baixo Tâmega, Escola profissional Vértice, Profisousa – Associação para o Ensino Profissional do Vale do Sousa, Obra Social e Cultural Sílvia Cardoso, QVC, Consultores Lda Ideia XXI, Rigueira, Lda e Eduardo Lima, Unipessoal – Elus para a Formação.
Este acordo de parceria tem por objecto a colaboração entre as entidades signatárias, entendida como um esforço de cooperação ao nível do planeamento estratégico das questões relativas à qualificação dos recursos humanos do concelho, bem como a operacionalização das determinações resultantes desse planeamento.
Desta lista de instituições foi definido um grupo de 4 entidades para definir um plano de divulgação e comunicação de toda a oferta formativa a desenvolver no concelho nos próximos dois anos, que em breve será apresentado. Entretanto, algumas entidades signatárias aguardam ainda decisão sobre candidaturas apresentadas para a dinamização de cursos de formação profissional.
Importa, realçar que estas candidaturas foram oportunamente consensualizadas, tendo por base o Diagnóstico de Necessidades de Formação Profissional Comum àquelas entidades, e efectuado pela Associação Empresarial de Paços de Ferreira, em colaboração com a Câmara Municipal e restantes entidades formadoras. O Diagnóstico identificou uma série de prioridades em termos de necessidades de formação, de acordo com os resultados dos inquéritos efectuados durante um determinado período a pessoas desempregadas, inscritos no Centro de Novas Oportunidades da Profisousa, inscritos para formação e estudantes do 3.º Ciclo das Escolas do concelho. Foi a primeira vez que os operadores de formação do concelho perspectivaram a sua oferta formativa com base num diagnóstico de necessidades comum. 
GCI
Gabinete de Comunicação e Imagem
Olga Leite