Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Campeonato do Mundo de Trial em Paredes

 

 
14 e 15 de Setembro, títulos decidem-se em Paredes
 
Penúltima prova do Campeonato do Mundo de Trial, o SPEA Grande Prémio de Portugal/Paredes – Rota dos Móveis assume papel de vital importância na atribuição do título mundial.
Colocada numa fase decisiva da época, a competição pode ainda determinar os vencedores do troféu FIM para as categorias Júnior e Youth 125 cc., enquanto no sábado será conhecido o Campeão da Europa de Trial, após a sexta e última jornada do ano.
Honra e responsabilidade que exigem palco de eleição, apresentado sob a forma de um percurso com cerca de 10 km de extensão e 15 zonas non-stop, delineadas nas freguesias de Lordelo, Rebordosa e Vilela, a cumprir por duas vezes.
Obstáculos maioritariamente concebidos sobre a pedra granítica que cobre os solos da região duriense, entrecortados por passagens em terra oferecedora de boa capacidade de tracção e contando ainda com algumas zonas no leito do rio Ferreira e afluentes. Será criada uma zona espectáculo, com recurso a obstáculos artificiais, junto ao Parque Municipal em Lordelo, proporcionando excelente visibilidade e proximidade com o público.
Com um total de 5.30 horas para cumprir o percurso (3.30 h para a primeira volta), os pilotos começarão a partir por volta das 8.30h, com o último trialista a arrancar às 11h do Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo.
Local de partida e chegada que albergará também o paddock e todas as infra-estruturas indispensáveis ao desenrolar da competição. Perto desse local será montada a zona de treinos, numa encosta com bastante pedra granítica, onde os pilotos poderão encontrar a melhor afinação para as máquinas durante sexta-feira e sábado.
Em termos desportivos, o favoritismo recai sobre Toni Bou (Montesa) que, antes da prova sueca de Uddevalla, a 31 de Agosto, traduziu o seu domínio em cinco vitórias e quatro segundos lugares nos nove dias de competição disputados (Estados Unidos e Japão albergaram jornadas duplas), totalizando 168 pontos face aos 156 pontos somados por Adam Raga (Gas Gas), que conta com três triunfos e quatro segundas posições.
Terceiro no Mundial e ainda com possibilidades matemáticas de alcançar a coroa, o japonês Takahisa Fujinami (Montesa) tem feito da regularidade a grande arma, terminando sempre nos lugares do pódio, com os melhores resultados obtidos na prova norte-americana, onde obteve a única vitória da época.
Favoritos são também o francês Loris Gubian (Sherco), na Taça FIM Júnior, e o britânico Jack Challoner (Beta), na Taça Youth 125 cc. Outro súbdito de Sua Majestade, Michael Brown (Beta) lidera o Europeu de Trial com apreciável vantagem pontual, após triunfar nas três primeiras provas do campeonato.
Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Paredes