Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

1ª Pedra do Centro Escolar em Raimonda, Paços de Ferreira

 

No decorrer da cerimónia de assinatura de diversos protocolos no passado sábado, na freguesia de Raimonda, ainda não tinha sido assinado o acordo entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia para a cedência por parte do Município da Escola de Groute à Junta para instalação de uma Casa das Artes e da Cultura e já o Pe. Alexandrino Brochado, na sua intervenção, anunciava que consta do seu testamento a doação de parte da sua biblioteca pessoal à Biblioteca Municipal Prof. Vieira Dinis.
De imediato, o presidente do Município, Pedro Pinto, deu a notícia que os livros que o Pe. Alexandrino acabara de doar seriam para a futura Casa das artes e da Cultura que vai ser instalada na Escola de Groute, que vai ficar devoluta depois da construção do Centro Escolar de Raimonda.
A tarde de sábado na Raimonda contemplou ainda o lançamento da 1ª  pedra do Centro Escolar, a doação de um terreno da autarquia à freguesia para ampliação do Cemitério, a assinatura de um contrato promessa de compra e venda de um terreno para instalação de um Parque de Lazer e cedência de uma faixa de terreno para abertura de um arruamento entre a Rua Jardins de São Pedro e a Rua das Cerdeiras.
Um dia que foi de grande significado para a freguesia foi acompanhado pelo Reverendo Pe. Dr. Alexandrino Brochado que se sentiu “muito honrado e com muito prazer por falar da minha terra”. Garantindo que Raimonda está no seu coração, o Pe. Alexandrino Brochado classificou esta cerimónia como “uma manifestação sadia e de útil bairrismo”, tendo adiantado que “o progresso do país está em Paços de Ferreira, estamos entre os concelhos mais progressivos do país e também dos mais jovens”, mérito – adiantou “dos nossos responsáveis, quer na Junta de Freguesia quer na Câmara Municipal”.

 

 

CM Paços de Ferreira

 

 

A figura e o prestígio do Pe. Alexandrino Brochado foi também tema da intervenção do Presidente da Junta de Freguesia. Joaquim Costa salientou o facto do Pe. Alexandrino se ter ausentado da sua terra, mas de nunca a ter esquecido e de “estar connosco em todos os dias grandes para a freguesia”. O autarca da Raimonda lembrou depois os cerca de 30.000 m2 acordados para a construção do novo Parque de Lazer de Raimonda e respectivo acesso. “Pedro Pinto foi o homem, o político, mais amigo desta terra”, rematou Joaquim Costa.

Para além da construção de um Parque de Lazer na Raimonda e do respectivo acesso, está também em concurso a construção de uma ligação dos terrenos adjacentes à Junta de Freguesia até à Escola de Groute.

O Presidente do Município usou da palavra para recordar a aposta que o Município assumiu para a educação, tratando-se de uma aposta de futuro, que servirá as gerações nas próximas décadas, com qualidade, e que porá fim a um cenário de escolas, algumas com 40 anos.

No caso do Centro Escolar de Raimonda, trata-se de uma obra de mais de 1,8 milhões de euros, com uma comparticipação de menos de 50% de Fundos Comunitários. Pedro Pinto reconheceu, publicamente, a boa vontade do Mosteiro de Singeverga nas negociações para o terreno do novo Centro Escolar, que abrirá no próximo ano lectivo. Mais uma vez, o presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Costa, enalteceu a opção do Município de não vender a escola de Groute , para ajudar no investimento do Centro Escolar, tendo preferido ceder o edifico da escola para instalar uma Casa das Artes e da Cultura e que antes de nascer já reúne um espólio importante, a Biblioteca pessoal do Pe. Alexandrino.

O novo Centro Escolar terá 8 salas de Ensino Básico e o ensino pré-primário ficará no Jardim de Infância existente que tem apenas 4 anos.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.