Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Filme inédito de Christophe Fonseca em antestreia em Amarante “AMADEO DE SOUZA CARDOSO, O ÚLTIMO SEGREDO DA ARTE MODERNA”

jaquette_amadeo.png

A proposta passa por descobrir a obra fulgurante deste pintor português do qual se diz que é "o segredo mais bem guardado do primeiro modernismo". “Um filme de 52 mn sobre o percurso apaixonante deste jovem, sedutor e afortunado prodígio que chega no dia dos seus 19 anos a Paris com um destino de envergadura nas suas mãos. Numerosas entrevistas a especialistas, críticos e historiadores enriquecem a narração com fotografias, correspondências e testemunhos raras”, explica o realizador Christophe Fonseca.

20 de abril é dia de inauguração da exposição dedicada a Amadeo de Souza-Cardoso no Grand Palais, em Paris e nesse mesmo dia, o filme documentário estreia, em horário prime time, na RTP1. Depois, disso, o trabalho vai percorrer o mundo.

A 16 de abril, em antestreia em Amarante, no Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, pelas 22h00, com a presença do realizador.

GAT | Comunicação

 

Associação Empresarial de Amarante incentiva empreendedorismo nas escolas com projeto JOVENS EMPREENDEDORES CONSTRUIR O FUTURO

AEA incentiva empreendedorismo nas escolas com pro

Desmistificar o conceito de empreendedorismo e ensinar a elaborar um modelo de negócio foi o tema do primeiro workshop levado aos alunos das escolas secundárias e profissionais do concelho de Amarante. A Associação Empresarial de Amarante, promotora da iniciativa e um dos parceiros – CLDS Teia+ estiveram em cada uma das escolas participantes na última semana do mês de janeiro e início de fevereiro.

Os alunos do Colégio de São Gonçalo, Escola Profissional António do Lago Cerqueira, Núcleo de Amarante do Cenfim, Externato de Vila Meã e Escola Secundária de Amarante mostraram estar motivados para o tema e participaram de forma ativa na sessão.

O orador, Manuel Oliveira, explicou os passos de elaboração do plano de negócio com base no modelo Canvas. Este modelo visa facilitar o momento em que os alunos terão que pensar e problematizar o negócio na sua fase embrionária. A parte financeira é a única que não é aprofundada neste workshop, embora se espere que os projetos apresentados revelem ter viabilidade e não sejam desproporcionais à realidade.

Esta ação é o ponto de partida para o Concurso de Ideias de Negócio que se realizará em maio com a apresentação de três ideias de negócio por cada escola.

Já durante as férias de carnaval uma banda por escola teve a oportunidade de participar num workshop de música com o produtor amarantino Gustavo Carvalho.

O workshop que se realizou nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro no CJ Estúdio, inserido na Casa da Juventude de Amarante, permitiu que os jovens tivessem a experiência de estar num estúdio de música profissional. Cada uma das bandas tinha como objetivo a composição de uma letra e música originais e por último a sua gravação no estúdio. Até às férias da Páscoa os alunos terão ainda que fazer um vídeo que irá acompanhar a música produzida. Os vídeos serão publicados na página institucional e facebook do projeto Jovens Empreendedores – Construir o Futuro no final de março.

Este projeto tem o apoio da Fundação Manuel António da Mota e da Câmara Municipal de Amarante.

Associação Empresarial de Amarante

 

Amarante Cidade Desportiva quer pôr todos a mexer

Presidente da Câmara Municipal de Amarante.jpg

ACD – Amarante Cidade Desportiva - é uma iniciativa pioneira que o Município de Amarante leva a cabo, com o intuito de divulgar tudo o que acontece na cidade, no que ao desporto diz respeito. Conta com 6 meses de atividades, apresenta mais de 40 eventos de diversas modalidades e envolve todas as associações desportivas locais.

Ao longo de seis meses, queremos pôr todos a mexer, com diferentes propostas e com uma oportunidade única para mostrar que Amarante é também uma cidade desportiva. Tendo como ponto de partida os eventos desportivos que as diferentes associações concelhias promovem e organizam, o Município decidiu congregar todos os eventos numa agenda única. Estamos, para o efeito, a trabalhar numa lógica de comunicação integrada”, começou por mencionar André Costa Magalhães, Vereador com o Pelouro do Desporto.

O ex-futebolista, natural de Amarante, Nuno Gomes é o padrinho da primeira edição “Amarante Cidade Desportiva” – ACD - o evento que promete pôr todos a mexer, de fevereiro a julho de 2016.

Outdoor, site dedicado e merchandising estão já a ser produzidos no sentido de envolver todos os amarantinos numa iniciativa que se pretende “agregadora”. O Município pretende socorrer-se da energia, da cor, do movimento e, acima de tudo, da união, típicos do desporto para abraçar todos os amarantinos e convidar todos os que queiram participar ou assistir a esta Cidade Desportiva. Durante seis meses, haverá ainda mais motivos para visitar Amarante.

A cerimónia de apresentação teve lugar a 11 de fevereiro, às 18h30, na Casa das Artes (Centro Cultural de Amarante), num espetáculo que combinou música, dança e cor e onde o cenário não foi esquecido. O espaço estava decorado com equipamentos desportivos, transmitindo a ideia de um só palco, para vários eventos. A primeira atividade do calendário ACD é já a 14 de fevereiro com a II Meia Maratona António Pinto – Cidade de Amarante, atraindo milhares de pessoas. Atletismo, canoagem, ténis, ciclismo, futebol, automobilismo, natação, voleibol, futsal, trail, golfe, pólo aquático e desporto adaptado – são várias as modalidades que estarão representadas neste evento, que se prolonga até finais de julho.

O desporto está enraizado na nossa cultura. Não podemos, nem queremos ignorar o contributo que o desporto representa para o desenvolvimento da nossa sociedade. Estamos, assim, a lançar as bases de um projeto estruturante para que, no futuro, os eventos desportivos de Amarante alcancem mais impacto e sejam geradores de mais valor”, expunha o vereador, enquanto apresentava o evento.

60 clubes, 30 modalidades e 40 eventos são os números desta iniciativa, através da qual o município quer “trabalhar em rede, otimizando recursos e meios. Aumentar a atratividade turística, numa ótica de dinamização da economia local é mais um dos propósitos desta iniciativa que, em última análise, sendo monitorizada, permitirá, ajudar na definição da política desportiva do concelho”, concluiu o presidente da autarquia, José Luís Gaspar, no encerramento da cerimónia de apresentação.

De fevereiro a julho, todos a mexer, com a ACD!

GAT | Comunicação

 

Valter Cardoso levou bandeira de Amarante para lá das fronteiras do Município

12650252_10204090467262117_1298072592_n.jpgA poucas semanas de começar a época 2016 dos campeonatos automobilísticos, o navegador amarantino Valter Cardoso, participou na cerimónia de entrega dos Prémios da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, de onde veio com a "mala cheia" de troféus.

Ao todo foram sete os Títulos: Campeão Nacional Todo-o-Terreno na Categoria T3 (viaturas 2 rodas motrizes), Campeão Absoluto FPAK Ralis Centro, Campeão no Grupo P3 no FPAK Ralis Centro, Vice-Campeão Absoluto na Taça FPAK Ralis Asfalto, Vice-campeão no Grupo P3 na Taça FPAK Ralis de Asfalto, ViceCampeão Absoluto na Taça FPAK Ralis Terra e Campeão no Grupo P3 na Taça FPAK Ralis de Terra.

A emoção e a alegria marcaram o momento de entrega dos troféus que foram o culminar da excelente época. Valter Cardoso, visivelmente feliz, afirmou que "estes prémios são o reconhecimento do enorme esforço profissional e pessoal e do trabalho árduo que desenvolvi ao longo da temporada".

Na época passada, o navegador amarantino participou num total de 28 provas, das quais 20 foram na categoria de ralis, distribuídas pelo continente e Açores, e oito provas na categoria de Todo-o-Terreno, onde se destaca a sua estreia internacional com a participação numa prova da Taça do Mundo de Todo o Terreno, a Baja TT da Hungria.

Contabilizou no total de todas estas participações, a navegação a 9 pilotos distintos, entre os quais se estreou com uma piloto feminina no Rali de Águeda. Utilizou nove viaturas distintas, distribuídas entre ralis e todo-o-terreno.

Valter Cardoso, efetuou, ainda, algumas provas do Campeonato Nacional de Ralis, sendo de destacar a participação no Rali Sata Açores, num Subaru Impreza, onde fazia parte do Campeonato da Europa de Ralis.

A época passada foi memorável para o amarantino, pois além da estreia a nível internacional, estreou-se também numa prova do Campeonato do Mundo de Ralis, o WRC Vodafone Rali de Portugal, como navegador do baionense Vítor Ribeiro, cumprindo um sonho de infância e a "cereja no topo do bolo" foi ter alcançado o título de quarto melhor navegador português e primeiro do grupo N Nacional.

A época de 2015 foi em grande para Valter Cardoso, o que o motiva a trabalhar intensamente nos campeonatos de 2016 para conseguir os mesmos feitos que já iniciou a preparação.

Para já, a nível de ralis, vai voltar a navegar o piloto Carlos Fernandes, participando no campeonato FPAK de ralis.

No que diz respeito ao Todo-o-Terreno vai também voltar a navegar o piloto portuense, Pedro Ferreira no campeonato nacional. E a algumas semanas do inicio da época, vão surgir novidades sobre a nova viatura que irão usar.

Sigam as novidades em: www.valtercardoso.com e/ou na página do facebook: www.facebook.com/valtercardosofans

Valter Cardoso

Gala do Desporto de Amarante homenageia João Marinho

Gala do Desporto.jpg

A 4ª edição da Gala do Desporto Cidade de Amarante conta com um vasto programa, contemplando atuações e performances mas este ano a grande novidade é mesmo a homenagem ao ex-alpinista amarantino João Marinho. Recorde-se que o montanhista desapareceu em Novembro de 2014 durante umas férias em que fazia trail sozinho nos Picos da Europa e o corpo só foi descoberto, quase um ano depois, a 1 de Agosto de 2015. O evento é coorganizado pelo Município de Amarante.

Sábado, 30 de janeiro, terá lugar a quarta Edição da Gala do Desporto Cidade de Amarante, “evento que visa premiar as entidades e agentes desportivos, que durante a época desportiva mais se notabilizaram pelos resultados alcançados, ou pelos serviços prestados ao desporto regional. Todos, pelo seu mérito ou pela sua conduta, merecem uma distinção, fruto do prestígio que deram à sociedade e ao desporto ao mesmo tempo tiveram um papel preponderante no desenvolvimento do Desporto no Concelho de Amarante”, menciona Diogo Pereira, da organização da Gala.

Com início previsto para as 20h30, a Gala decorrerá no Auditório da Escola Secundaria de Amarante e contará com diversas atuações: Cercimarante, Orquestra Energia e Dança do Centro Cultural de Amarante, Carlos Pinheiro e Gonçalo Costa. “Mas ao longo da noite, haverá ainda lugar para outras surpresas”, prossegue a organização. “Amarante é terra de campeões”, sublinha Diogo Pereira, enquanto lança o convite: “a entrada é livre”.

A comissão avaliadora é, desde o aranque, constituída por cinco elementos: Alfredo da Costa, comentador desportivo; Taí Laranjeira, ex-jogador do FC Porto, Boavista e Seleção Nacional; Pedro Barros, Presidente do Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Golfe; Manuel Viana, Professor de Educação Física e ex-treinador de Voleibol e Pedro Pinto, Técnico Superior de Desporto da Câmara Municipal de Amarante. Ao todo serão premiadas 14 categorias, nomeadamente Associação ou Clube; Equipa; Dirigente; Treinador e até Evento Desportivo do Ano.

 

Programa:

20h30: Receção aos Convidados: Degustação de Chás Ervas D`avó Degustação Doces Conventuais

21h00: Atuação Orquestra Energia – Centro Cultural de Amarante

21h28: Boas Vindas

21h30: Discurso Representante do Município de Amarante

21h35: Homenagem - João Marinho

21h45: Performance - Cercimarante

21h55: Entrega de Prémio – Associação/Clube do Ano

22h00: Entrega de Prémio – Equipa do Ano

22h05: Entrega de Prémio – Dirigente do Ano

22h10: Performance - Gonçalo Costa (Equilíbrio)

22h20: Entrega de Prémio – Treinador do Ano

22h25: Entrega de Prémio – Revelação do Ano

22h30: Entrega de Prémio - Atleta do Ano - Feminino - Desportos Coletivos

22h35: Entrega de Prémio - Atleta do Ano - Feminino – Desportos Individuais

22h40: Performance Dança – Centro Cultural de Amarante

22h50: Entrega de Prémio - Atleta do Ano - Masculino - Desportos Coletivos

22h55: Entrega de Prémio - Atleta do Ano - Masculino – Desportos Individuais

23h00: Entrega de Prémio – Evento Desportivo

23h05: Performance - Carlos Pinheiro

23h10: Entrega de Prémio – “Armandinho

23h15: Entrega de Prémio – Alto Prestígio

23h20: Performance Dança – Centro Cultural de Amarante

23h30: Entrega de Prémio – Mérito Desportivo

23h40: Entrega de Prémio - Momento dos Campeões

23h50: Encerramento

GAT | Comunicação

 

Offtrack Cross-Country Challenge - Luís Oliveira vence em Amarante

Offtrack2.jpg

Realizou-se no passado sábado na Quinta de Pousadela em Ôlo, Amarante, a primeira edição do Offtrack Cross-Country Challenge. Com organização por parte do Clube Natureza Extreme em parceria com a Offtrack, esta resistência offroad contou com aproximadamente 70 participantes, com especial destaque para a presença de alguns Campeões Nacionais. 

O dia começou com as habituais verificações administrativas e as motas a serem colocadas em parque - fechado. Já durante a tarde e com duas horas de competição num bonito traçado de 8 km´s nas imediações da Pousadela, a vitória sorriu ao sintrense Luís Oliveira. O jovem piloto apesar de vencer esta primeira edição com cerca de um minuto de vantagem, contou com forte oposição por parte de Joaquim Rodrigues Jr. (melhor volta) e do vilaboense Fernando Ferreira, que viria a terminar na 3ª posição final.

Já no final, Luís Oliveira em festejos comentou: “Foi sem dúvida uma excelente prova de treino para o Campeonato. Aproveitei para testar a minha nova mota e acertar alguns pormenores ao nível das suspensões. Aproveito desde já para dar os parabéns à organização pelo excelente evento desportivo…Tudo cinco estrelas!”

Um evento ao alcance de todos que recebeu elogios rasgados por parte de pilotos e do muito público presente neste sábado de competição. Satisfeito, o organizador Paulo Amado comentou: “É bastante gratificante, depois de um enorme trabalho por parte do Filipe e de todos aqueles que colaboraram connosco, conseguirmos esta grande festa. No que toca à competição, foi emocionante e houveram animados despiques até ao fim. Uma aposta aprovada e que com toda a certeza irá continuar. Aproveito para agradecer ao Município de Amarante, Federação Nacional Motociclismo, CNE Amarante, Clube Automóvel Amarante e a todos os voluntários e comissários desta prova”.

 

Classificação: 1º Luís Oliveira; 2º Joaquim Rodrigues Jr; 3º Fernando Ferreira, 4º André Mouta; 5º Miguel Costa;…

 

Evo-press

 

Amarante acolhe primeiro Offtrack Cross-Country Challenge

XC challange offtrack.jpg

O primeiro Offtrack Cross-Country Challenge realizar-se-á já no próximo sábado (23 de Janeiro) na Quinta de Pousadela em Ôlo, Amarante. Com organização por parte do Clube Natureza Extreme em parceria com a Offtrack, esta resistência destinada exclusivamente a motos de 2 rodas, contará com um agradável percurso – nível verde, com cerca de 8 Km’s e duração de duas horas. 

Com presença confirmada de alguns nomes bem conhecidos no panorama nacional, este evento contará com cronometragem profissional, inscrição limitada a 80 pilotos e prémios monetários. Todos os participantes podem ainda usufruir ainda de condições especiais em alojamento na Quinta da Pousadela - Reservas:geral@pousadela.com | telefone: 966 899 922

“Sem dúvida que a curto prazo, o cross-country será o futuro do enduro, devido às questões ambientais que têm sido implementadas um pouco por toda a Europa. Pretendemos criar um evento de referência e este “challenge” é uma das nossas novidades em 2016. A altura é a ideal, até porque a maioria dos pilotos está em preparação para o Campeonato Nacional de Enduro. Contamos com a vossa presença, e iremos focar-nos em criar um evento ao alcance de todos. Apareçam!” concluiu o organizador, Paulo Amado.

 

Programa da prova: 

  9.30 - Abertura do secretariado - verificações administrativas.

11.30 - Encerramento do secretariado

12.00 - Volta de reconhecimento

13.00 - Motas em parque fechado

13.30 - Arranque da prova

15.30 - Fim da prova

16.30 - Entrega de prémios

 

Estas e outras informações em: http://www.offtrack.pt/ 

Paulo Amado: 925638541 | Filipe Sampaio: 910642270

Evo-press

Número de turistas continua a aumentar em Amarante

Centro Histórico de Amarante.jpg

O registo é feito pela Loja Interativa de Turismo (LIT) local e, como tal, Amarante pode estar perante uma expansão turística ainda maior. No entanto, certo é que o número de turistas em Amarante aumentou em 2015, relativamente a 2014, depois de uma descida verificada em 2013. Franceses e espanhóis são os que mais se renderam aos encantos da terra de Pascoaes.

De acordo com os números registados pela Loja Interativa de Turismo, situada no Largo Conselheiro António Cândido, a cidade de Amarante foi visitada no ano passado por 10.188 turistas, contra os 9.162 em 2014 e os 6.986 em 2013.

Estes números podem pecar por defeito, já que o seu apuramento resulta das interações dos turistas com a LIT, que ali se dirigem para obter informações, brochuras e outro material promocional. Quem visita Amarante e não tem qualquer interação com os serviços de turismo do Município não está incluído, portanto, nestas estatísticas.

A maioria dos visitantes que em 2015 desfrutou da oferta turística de Amarante tinha nacionalidade portuguesa (2.498), mas os vizinhos franceses e espanhóis também procuraram Amarante para momentos de lazer e descanso. 2.121 eram franceses, 1.858 eram espanhóis, 732 vieram do Reino Unido, 356 da Alemanha e 2.623 de outros destinos.

Os meses do ano com maior afluência de turistas foram agosto (2.397), julho (1.845) e setembro (1.294).

GAT | Comunicação

 

Amarante: Sessão de Esclarecimento sobre a ”Norma NP EN ISO 9001:2015 - O que muda?”

O seminário de esclarecimento sobre a “Norma NP EN 9001:2015” irá decorrer na AEA – Associação Empresarial de Amarante, no próximo dia 7 de janeiro e contará com o apoio da equipa da AEP - Associação Empresarial de Portugal. O intuito da presente sessão é dar a conhecer os princípios de um sistema de Gestão da Qualidade e a nova abordagem da norma NP EN ISO 9001:2015.

 

Programa:

 

14h30 – Receção dos participantes

              Luís Miguel Ribeiro, Presidente da AEA

 

14h45 – Princípios de um Sistema de Gestão da Qualidade

Ana Matos, AEP

             As normas da Qualidade e o processo de Certificação

             Principais novidades na norma ISO 9001:2015

             Contexto de uma organização

             Partes interessadas e suas necessidades e expetativas

             Pensamento baseado no Risco

             Os requisitos da norma NP EN ISO 9001:2015

 

15h30 – Debate

16h00 – Encerramento

 

 

Inscrição gratuita para sócios mas obrigatória.

Mais informações através dos contactos:

geral@aeamarante.pt

255 410 240

 

Associação Empresarial de Amarante

Amarante: Januário Godinho é "arquiteto tema" para debate sobre arquitetura e urbanismo

Cartaz.jpg

A Câmara Municipal de Amarante e o Centro de Estudos Arnaldo Araújo da Escola Superior Artística do Porto (ESAP) organizam, no próximo dia 8 de janeiro, pelas 14:00, na Biblioteca Municipal Albano Sardoeira (BMAS), o evento “A Modernidade em debate – Encontro sobre arquitetura e urbanismo”, tendo como ponto de partida a obra de Januário Godinho (1910-1990), que será objeto de uma exposição documental paralela.

O Encontro terá início com uma Conferência proferida pela investigadora Fátima Sales, a que se seguirão dois painéis com a participação de especialistas em arquitetura moderna e estudiosos da obra de Januário Godinho: José Manuel Fernandes, Ana Nápoles, Rui Duarte, Susana Milão, António Guedes (Mesa 1) e Jorge Cunha Pimentel, Rui Bianchi, Luciana Rocha e Michele Cannatà (Mesa 2). No encerramento do Encontro, terá lugar mais uma Conferência, sendo oradora Ana Tostões.

De acordo com a investigadora Fátima Sales, “esta iniciativa integra os campos do urbanismo, da modernidade arquitetónica, da paisagem e da identidade cultural, com especial incidência nas obras de Januário Godinho, um arquiteto ímpar e crucial no quadro do desenvolvimento da arquitetura moderna em Portugal”.

Definindo, embora, Januário Godinho como o “arquiteto tema” do evento, Fátima Sales realça que o Encontro debaterá também o trabalho de outros arquitetos de renome com intervenção significativa em Amarante, como é o caso de Alcino Soutinho.

A obra de Januário Godinho em Amarante tem uma dimensão assinalável, sendo de sua autoria os edifícios do Tribunal, do Mercado Municipal e as casas dos Magistrados. Em meados da década de sessenta do século passado foi também responsável pelo Plano de Urbanização para a Baixa de Amarante.

 

Enquadramento

Januário Godinho faz parte da segunda geração de arquitetos modernos portugueses. Ingressa, em 1952, na escola Superior de Belas Artes do Porto para estudar Arquitetura, terminando o curso em 1932. Em 1941 submete-se ao CODA (Concurso para a Obtenção do Diploma de Arquiteto) com o projeto para o Hotel do Parque do Vidago, com o qual obtém a nota máxima de 20 valores. Enquanto estudante da Escola de Belas Artes, na altura sob a direção de Marques da Silva, faz parte do Grupo + Além (1929-31) que se destaca pela ação contestatária e inconformista. Iniciou a sua atividade profissional no ateliê de Rogério de Azevedo, no qual se afirma pela capacidade imaginativa e pela expressão gráfica. A obra de Januário Godinho desenvolve-se na sua expressão pública quando projeta, na cidade do Porto, para a OPCA (Sociedade de Engenharia de Obras Públicas e Cimento Armado), uma das mais emblemáticas obras do modernismo português: a Bolsa do Pescado (1933-34), em Massarelos.

De forma geral, a sua arquitetura revela a capacidade de integrar a experiência da tradição, o respeito pela natureza e pela paisagem nas conquistas da modernidade, destacando-se o forte impacto visual das suas realizações, assim como o seu carácter experimental e estrutural. No final dos anos cinquenta surgiram, no contexto internacional, as primeiras inquietudes que iniciam o processo de revisão crítica do Movimento Moderno. Januário Godinho destaca-se aí como uma das figuras mais proeminentes na transição da arquitetura dos mestres dos anos 20 para as realizações dos arquitetos que iniciam obra nos anos 50 e que se inspiravam e tinham por base os elementos de cada lugar concreto.

GAT | Comunicação

Amarante: Comboio Rena de Natal já circula no centro histórico

Programação completa de Natal.jpg

Comboio Rena de Natal, Globo de Natal, uma caminhada noturna e até um Mercado Nazareno são algumas das propostas que prometem animar o Natal de todos, em Amarante. Onde, claro está, há também uma Casa do Pai Natal de portas abertas, desde o dia 12 de dezembro. São esperadas centenas de crianças para participar e assistir a alguns destes momentos que, se espera, cativem também os mais crescidos.

Até 10 de janeiro a árvore de Natal, com 25 metros de altura e 12 de diâmetro, será um dos principais cartões-de-visita da cidade.

Pela primeira vez, o Natal assinala-se com pompa e circunstância. Há um programa diversificado, que se estende pela cidade e a pensar em todos os gostos e em todos os públicos. Assim, em dezembro, entre os dias 8 e 24, terá lugar um diversificado programa de animação de rua, com música, palhaços, duendes, sinos ou bonecos de neve.

O Largo de S. Gonçalo receberá, entre 12 e 24, a casa do Pai Natal, decorada a preceito, para receber as crianças que o queiram visitar. Na zona de Santa Luzia será instalado, entre 12 a 31 de dezembro, o Globo de Natal, uma estrutura insuflável que, igualmente, receberá visitantes para uma fotografia que terá como fundo pequenas bolas de esferovite, fazendo lembrar flocos de neve.

E, como não poderia deixar de ser, também entre 16 e 23 de dezembro circulará entre o Largo Conselheiro António Cândido e Santa Luzia o Comboio Rena de Natal, movido a eco-diesel e composto por locomotiva e quatro carruagens, com uma lotação de 16 lugares.

De 18 a 23 de dezembro, das 10h00 às 22h00, tem lugar o Mercado Nazareno. Os figurantes que participarão ativamente no Mercado Nazareno organizado pelo Agrupamento de Escolas de Amarante estarão vestidos o mais próximos possível da "moda" usada por Jesus Cristo, pelos apóstolos e por todos os habitantes da Judeia, região, à época, dependente do Império Romano.

A 20 de dezembro, Amarante é palco da “IV Amarante Christmas Trail”, organizada pela ADA – Associação Desportiva de Amarante, que conta com o apoio do Município. Os participantes podem optar pelo Trail Longo (28km), Trail Curto (16km) ou por uma caminhada com aproximadamente 10km, com um percurso diversificado e rico em paisagens, história e cultura.

Também 150 crianças, vestidas de aldeões vão cantar músicas de Natal e fazer uma encenação, a 19 de dezembro, junto ao Convento de São Gonçalo.

Os comerciantes locais associam-se à iniciativa, praticando horário alargado, durante o período das festividades.

Ao longo de mais de 15 dias, Amarante celebra o Natal. Deixe-se contagiar pelo espírito natalício e visite Amarante, Cidade Presépio. Motivos não faltam para que saia de casa e se junte a nós. Sinta-se Convidado!

GAT | Comunicação



 

Nova Logomarca CIM Tâmega e Sousa apresentada em Amarante

IMG_3984 (1).JPG

A Casa da Calçada em Amarante foi o palco escolhido pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa para realizar a sessão de apresentação da nova logomarca do território. José Luís Gaspar, Presidente da Câmara Municipal de Amarante, como anfitrião, abriu a sessão e sublinhou a importância deste momento acontecer numa casa que é “um extraordinário exemplo” de boas práticas de marketing territorial e que muito tem contribuído para uma cada vez mais integrada promoção da região. Sublinhou ainda que todos (os 11 municípios) devem participar na implementação do plano que se apresentou, pensando a região como “um todo, mas com total respeito pelas idiossincrasias de cada um”.

“Esta é uma região que necessita de apoio para desenvolver as suas potencialidades” sublinhou Emídio Gomes, Presidente da CCDRN, lembrando que “o desafio que se apresenta é grande e, por isso, torna-se necessário que todos se mobilizem em torno dele. Por isso lhe tenho dedicado muito do meu tempo, não por favor, mas porque é necessário”.

A estratégia que ajudará a desenhar o futuro – Plano de Ação de Marketing Territorial – foi apresentada pelo Secretário Executivo da CIM TS, Alírio Costa. Neste Plano foram identificadas as fragilidades e potencialidades do território e estão desenhados os caminhos que orientarão as ações para a sua, cada vez maior, valorização. Sublinhando a importância estratégica da localização geográfica da região, Alírio Costa lembrou que é necessário que esta que é ainda hoje uma zona de transição, se assuma de forma clara, como de crucial importância para o desenvolvimento socioeconómico da região norte e do país. “Temos todas as condições naturais, temos gente e sabemos como fazer.” Terminou lançando o desafio “a sub-região do Douro, Tâmega e Sousa, um território Único, tem que passar a ser o que há muito merece - um destino turístico de alta qualidade e verdadeiramente autónomo. Para isso, é necessário também que instituições como a CCDRN e a Turismo Porto e Norte passem a considerar não apenas 4, mas sim 5, os destinos turísticos da região norte”.

Seguiu-se um espaço de debate onde todos os intervenientes - Rosário Gambôa, Presidente do IPP; Fernanda Araújo da Direção Regional de Cultura do Norte; Susana Costa e Silva, da Universidade Católica; Carlos Neves da CCDRN e David Pontes, jornalista do JN, como moderador - destacaram a absoluta necessidade de se dar particular atenção à formação, porque não é possível pensar o futuro desta sub-região “sem um investimento claro nas competências e qualificações dos seus habitantes”, como afirmou a Profª. Rosário Gambôa. Por outro lado, ficou também evidente “a necessidade de se fortalecer a rede de ligação entre todos os parceiros e agentes do território para que se promova a região como um território Único, o que não significa, neste caso, unicidade, mas sim unidade”, como afirmou o Eng.º Carlos Neves.

Por fim, o Presidente da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Dr. Gonçalo Rocha, em jeito de despedida do seu mandato de 2 anos, fez questão de realçar a importância de dotar a CIM de quadros que possam “continuar a responder aos desafios do futuro”. Gonçalo Rocha agradeceu ainda todo o empenho e dedicada competência do Secretariado Executivo, bem como de toda a equipa da CIM Tâmega e Sousa, que “muito já tem feito e continuará a fazer pelo território”.

Encerrou a sessão o Sr. Secretário de Estado das Autarquias Locais, Dr. Carlos Miguel, que lembrou a sua vida como autarca para afirmar a sua inteira disponibilidade para ter um relacionamento próximo e de diálogo com todos os autarcas. Afirmou ainda que a prioridade do governo é “por o país a andar” e por isso anunciou que os autarcas poderão esperar em 2016 um orçamento semelhante a 2015. “Será um ano de diálogo, estudo e análise do que se há-de fazer em 2017.”

Durante a sessão foi apresentado um vídeo promocional da região e a nova logomarca do território – Douro, Tâmega e Sousa um território Único. Num dos momentos altos da manhã, 11 crianças representando cada um dos municípios da região, falaram do que mais gostam da sua terra, numa enternecedora ação de promoção do território. O futuro falou e não haverá melhor forma de incentivar todos os agentes, com responsabilidade no Tâmega e Sousa, a implementar o Plano de Ação agora desvendado.

Joana Martins
Media Relations

 

Casa cheia no Hospital de Amarante

Cerca de duzentas pessoas responderam ao convite do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) para assistir ao Concerto de Natal, realizado a 11 de dezembro, no auditório do Hospital de Amarante.

Esta iniciativa, com entrada livre e aberta a toda a comunidade, contou com a participação da Tuna de Ansiães e da Escola de Música Ritmo que animaram miúdos e graúdos com música tradicional portuguesa e música pop rock.

Não faltou também a visita do Pai Natal com prendinhas para os mais pequenos que estavam presentes na festa do Hospital de Amarante.

O CHTS assinalou assim o início da quadra natalícia e no próximo sábado, 19 de dezembro, o Hospital Padre Américo acolhe a já tradicional Festa de Natal dos Doentes com o apoio da Liga de Amigos do Hospital Padre Américo e em parceria com a Rádio Clube de Penafiel.

Inês Sousa

Serviço de Relações Públicas e Comunicação

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E.

 

Concerto de Natal no Hospital de Amarante

19040842_siQ7G.jpeg

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) acolhe na próxima sexta-feira, 11 de dezembro, no auditório do Hospital de Amarante, pelas 21h00, um Concerto de Natal com a Tuna de Ansiães e a Escola de Música Ritmo.

Esta iniciativa, com entrada livre e aberta a toda a comunidade, pretende assinalar a quadra natalícia.

No dia 19 de dezembro, terá lugar no Hospital Padre Américo a já tradicional Festa de Natal dos Doentes com o apoio da Liga de Amigos do Hospital Padre Américo e em parceria com a Rádio Clube de Penafiel.

Inês Sousa

Serviço de Relações Públicas e Comunicação

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E.

Daniel Jonas recebe, em Amarante, Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes

O Salão Nobre dos Paços do Concelho de Amarante recebe a 12 de dezembro, sábado, o vencedor do Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, em cerimónia que terá lugar a partir das 15:00.

Daniel Jonas, com o livro Nó, foi o escolhido pelo júri designado pela Associação Portuguesa de Escritores (APE), que analisou 77 obras apresentadas a concurso, das quais selecionou seis finalistas: Escuro, de Ana Luísa Amaral, , de Daniel Jonas, Ritornelos, de Joana Emídio Marques, A misericórdia dos mercados, de Luís Filipe Castro Mendes, O fruto da gramática, de Nuno Júdice, e Jóquei, de Matilde Campilho.

Obra de sonetos, Nó foi publicado no ano passado pela editora Assírio & Alvim. A decisão de lhe atribuir o Grande Prémio Teixeira de Pascoaes deve-se, segundo a APE, ao “mérito muito assinalável do seu trabalho poético, que convoca a tradição lírica ocidental para uma recomposição textual lúcida e fortemente irónica, cosmopolita, atenta aos lugares e tempos de um presente recolhido e transfigurado”.

Daniel Jonas nasceu no Porto em 1973, licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade do Porto e obteve o grau de Mestre em Teoria da Literatura na Universidade de Lisboa. Estreou-se na poesia em 1997, com O Corpo Está com o Rei. Seguiram-se Moça formosa, Lençóis de veludo (2002), Os Fantasmas Inquilinos (2005), Sonótono (2007), Passageiro Frequente (2013) e o mais recente , em 2014.

O Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, no valor de 12 500,00 euros e de periodicidade anual, é uma iniciativa da APE, com o apoio da Câmara Municipal de Amarante. Na edição anterior (obras publicadas em 2013), o vencedor foi Fernando Guimarães, com o livro “Os Caminhos Habitados” (Edições Afrontamento).

GAT | Comunicação