Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

Lousada é a Vila das Camélias

Body Painting Festival de Camélias.JPGLousada promoveu, no sábado e domingo passados, o VIII Festival Internacional de Camélias, que decorreu na Praça das Pocinhas. Durante os dois dias passaram milhares de apreciadores e colecionadores pelo local.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Dr. Pedro Machado, “este é um evento de que nos orgulhamos muito e conta sempre com muitas pessoas que têm curiosidade e gosto em saber mais sobre esta planta e flor que é extraordinária”.

A autarquia pretende valorizar as potencialidades do produto camélia, quer seja na parte ornamental mas, sobretudo, na vertente económica que poderá ter um aproveitamento maior” – destaca ainda o Presidente da Câmara.

Ainda a este propósito o Dr. Pedro Machado teve e a oportunidade de realçar que “é notório o uso que os empresários locais estão a dar a este produto, como o chá, as compotas, as bolachas e, mais recentemente o gin criado por um bar local. Também a Adega Cooperativa de Lousada vai lançar um vinho cujo rótulo está associado às camélias”.

Por todo o potencial deste produto “a autarquia registou a marca Lousada Vila das Camélias” – esclareceu o Presidente da Câmara.

 

Expositores de Portugal e Espanha

Estiveram representados 19 expositores, sendo três de Pontevedra e um outro da Corunha, Espanha. Também os Açores se fazem representar pela primeira vez com o Parque Terra Nostra, Açores. Os 14 outros expositores eram, maioritariamente, da região. Estiveram presentes também quatro viveiristas: Viveiro das Camélias, António Nunes e Eduardo Brandão, Lousaplantas e Horto de Romariz.

Os produtos locais estiveram também representados com Quinta da Magantinha, Casa de Encosturas e Quinta de Lourosa, a que se juntaram Paula Meireles, Glória Ribeiro, Cristina Moniz e Fátima Ribeiro com artesanato.

 

Premiados os melhores em várias categorias

Foram também atribuídos cinco prémios que distinguiram produtores e colecionadores. Assim, a Melhor Camélia de Origem Portuguesa foi atribuída aos Viveiros Mário Mota. O prémio de Melhor Camélia de Origem Japónica foi atribuída ao Parque Terra Nostra, nos Açores. António Assunção arrecadou o prémio para Melhor Camélia Reticulata. A melhor Mesa foi para os estreantes Rosa Fariña y Antonio Pesqueira de Marin, Pontevedra, Espanha. O prémio relativo à Melhor Camélia de Lousada foi atribuído ao Horto de Romariz. Cada um dos premiados recebeu, para além da distinção, um prémio monetário no valor de 200 euros.

A tarde contou ainda com a animação Trio de Piano, Violino e Viola de Arco, do Conservatório de Música do Vale do Sousa. Esteve também representado o Parque Terra Nostra, dos Açores, pela Engenheira Agrónoma Carina Costa, que falou acerca da “Paixão pelo cultivo das Camélias”. O Parque Terra Nostra tem uma das mais notáveis coleções do mundo de camélias, com mais de 600 exemplares, de diferentes espécies e cultivares.O Chá de Camélias acompanhado com produtos locais foi o mote para o fim de tarde de sábado.

No domingo cerca de 100 pessoas acederam ao convite para visitar os Jardins de Camélias do concelho. A primeira paragem foi o Jardim do Senhor dos Aflitos, seguindo-se a Casa de Rio Moinhos, em Covas e o Solar do Cedro, em Sousela. O passeio terminou com a visita aos jardins da Casa de Lagoas, em Nevogilde.

A tarde de domingo foi repleta de animação com o Desfile de Body Painting e de Moda Infantil cujo mote foram as Camélias. O desfile contou com a colaboração de várias lojas de vestuário infantil. Colaboraram as lojas Nené Kids, Gugu Dadá, Traquinices, Pequenos e Orgulhosos e Carneirinhos. Participaram mais de 100 crianças que desfilaram as roupas da nova coleção.

No final a Vereadora do Turismo, Dra. Cristina Moreira, teve a oportunidade de destacar que “a edição deste ano do Festival Internacional de Camélias de Lousada teve a maior afluência de sempre, com o envolvimento da comunidade”.

 

Gastronomia local em destaque

Na sexta-feira, sábado e domingo Lousada promoveu também a gastronomia local ao aderir ao Fim de Semana Gastronómico, iniciativa promovida em colaboração com a Entidade de Turismo Porto e Norte. Nesta edição, em que estiveram em destaque o cozido à portuguesa e o leite-creme queimado, juntaram-se ao evento os restaurantes Visconde, Brazão, Quinta de Cedovezas, Casa de Sedoura, Estrada Real, Querida Perfeição – Quinta das Pontezinhas, Petisqueira Moura, Passion Flower, Pecados da Vila, Parabéns, O Pimenta e Recantos D’harmonia.

Na opinião do Presidente da Câmara Municipal, Dr. Pedro Machado, “o Festival de Camélias agrega ainda o Fim de Semana Gastronómico e, por isso, quem visitou o concelho teve a oportunidade de passar por locais com camélias, mas também de degustar algumas das iguarias proposta para estes dias, que foram o cozido à portuguesa e o leite creme queimado”.

CM Lousada