Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vale do Sousa em Destaque

Castelo de Paiva - Felgueiras - Lousada - Paços de Ferreira - Paredes - Penafiel

CM de Castelo de Paiva está a levar idosos e reformados ao Santuário da Sr.ª da Lapa em Sernancelhe

Iniciativa municipal abrange cerca de 2000 pessoas

· Amanhã viajam as freguesia do Couto Mineiro do Pejão 

A Câmara Municipal de Castelo de Paiva, através do Pelouro de Acção Social, está a promover desde a passada semana, a realização o habitual “Passeio dos Idosos”, uma iniciativa de grande sucesso, que desperta sempre grande adesão e entusiasmo entre a população local, contemplando mais de 2000 pessoas oriundas de todas as freguesias do município. Amanha concretiza-se a ultima de três jornadas eviajam os seniores da União de Freguesias de Raiva, Pedorido e Paraíso….e o edil de S. Pedro do Sul já manifestou ontem a intenção de assinar uma parceria com a autarquia paivense, permitindo que os residentes de Castelo de Paiva tenham um desconto de 20 % em todos os tratamentos nas conceituadas Termas de S. Pedro do Sul.

O passeio deste ano tem como destino o Santuário de Sr.ª da Lapa, no concelho de Sernancelhe, no distrito de Viseu, para um momento de recolhimento e reflexão, bem como o Parque Termal de S. Pedro do Sul, um espaço atractivo e acolhedor que potencia um animado convívio da família sénior paivense. As jornadas já realizadas têm sido um sucesso e amanhã espera-se mais um êxito nesta confraternização da família paivense…

Depois de um pequena paragem no parque da feira em Castro Daire, o almoço de confraternização tem lugar num dos parques do Santuário da Senhora da Lapa,local de culto de grande devoção, que em tempos mais recuados chegou a ser, a exemplo de Santiago de Compostela, dos mais conhecidos e emblemáticos daPenínsula Ibérica, onde os Seniores Paivenses vão ter a possibilidade de visitar este local de peregrinação com mais de 500 anos de história, pleno de originalidade, uma aldeia com centro histórico formada pela acção dos jesuítas sob a égide da Universidade de Coimbra e toda uma atractiva zona envolvente, onde de destacam a célebre Gruta da Capela da Lapa, o Pelourinho, o Miradouro da Srª da Piedade, a Nascente do Rio Vouga e a Fonte dos Clérigos.

No regresso a casa, a paragem está agendada para o Parque da Zona Termal de S. Pedro do Sul , num local idílico de grande beleza e atractividade, onde para além do lanche, os participantes voltam a ter um agradável momento de convívio e animação musical, para evidenciar a alegria desta grande jornada de confraternização da família paivense.

Recorde-se que  “Passeio Convívio Sénior” é uma iniciativa do programa“Viver Activo, Viver Melhor”, que tem como objectivo a promoção do bem-estar à população idosa do concelho e a sua inclusão na comunidade, e no qual se incluem acções de animação sociocultural e de ocupação dos tempos livres, sendo que o  “Passeio dos Idosos” promovido anualmente pela autarquia paivense, com a colaboração das Juntas de Freguesias, que se realiza desde o inicio dos anos noventa, e ao  longo destes anos, tem permitido a descoberta de várias regiões do país, tornando-se uma tradição enraizada na população paivense, um evento esperado sempre com grande entusiasmo e ansiedade.

Na perspectiva do presidente da CM, Gonçalo Rocha, que sempre destaca a importância desta iniciativa, depois do sucesso alcançado nas últimas edições, o “ Passeio Convívio Sénior /2014 ” visa continuar a estimular a vida activa, quebrar o ciclo de solidão e de isolamento (que tantas vezes acompanha o quotidiano de muitos idosos), e fortalecer a sua auto-estima e, acima de tudo, deve ser uma iniciativa solidária, cooperante e humanizada para com este grupo da nossa população, que espera carinho de todos nós e reconhecimento pelo contributo que já deram para o engrandecimento da nossa terra.

                Na jornada de ontem, Victor Figueiredo, edil de S. Pedro do Sul fez questão de estar ao lado de Gonçalo Rocha e José Manuel Carvalho na saudação aos idosos e manifestou a alegria de receber no seu concelho esta iniciativa da CM de Castelo de Paiva, anunciando mesmo para breve, a assinatura com a edilidade paivense de uma parceria que vai permitir aos residentes de Castelo de Paiva a possibilidade de frequentar as Termas de S. Pedro do Sul com um desconto de 20% em todos os tratamentos, um gesto bastante aplaudido por todos os participantes neste convívio anual.

                Conforme o planeamento da autarquia paivense, os passeios foram programados para os dias 22 ( S. Martinho – Sardoura e Real ) , 27 ( Fornos - Sobrado- Bairros ) e para amanhã, 29 de Agosto ( Raiva - Pedorido e Paraiso ),num total de 44 autocarros, contemplando os idosos de todas as seis freguesias do concelho, ultrapassando mais de 2000 presenças neste evento.

Como habitualmente, esta jornada de convívio dos idosos de Castelo de Paiva, tem colaboração das Juntas de Freguesia, com animação musical assegurada pela própria CM de Castelo de Paiva e também com grupos oriundos das próprias freguesias, sendo que nesta jornada de convívio  da família paivense, evidencia-se a empenhada colaboração da Reitoria do Santuário da Sr.ª da Lapa e das CM de Castro Daire e de S. Pedro do Sul,  para além da colaboração, em termos de assistência permanente, dos Bombeiros Voluntários de Castelo de Paiva.

 

CM de Castelo de Paiva vai levar idosos e reformados ao Santuário da Sr.ª da Lapa em Sernancelhe

 

· Primeira viagem é já na próxima Sexta – Feira

 

A Câmara Municipal de Castelo de Paiva, através do Pelouro de Acção Socialarranca esta semanacom a realização o habitual “Passeio dos Idosos”,uma iniciativa de grande sucesso, que desperta sempre grande adesão e entusiasmo entre a população local, contemplando mais de 2000 pessoas oriundas de todas as freguesias do município. Na próxima Sexta – Feira, dia 22viajam os seniores das freguesias de S. Martinho, Sardoura e Real…

O passeio deste ano tem como destino o Santuário de Sr.ª da Lapa, no concelho de Sernancelhe, no distrito de Viseu, para um momento de recolhimento e reflexão, bem como o Parque Termal de S. Pedro do Sul, um espaço atractivo e acolhedor que potencia um animado convívio da família sénior paivense.

Depois de um pequena paragem no parque da feira em Castro Daire, o almoço de confraternização tem lugar num dos parques do Santuário da Senhora da Lapa,local de culto de grande devoção, que em tempos mais recuados chegou a ser, a exemplo de Santiago de Compostela, dos mais conhecidos e emblemáticos daPenínsula Ibérica, onde os Seniores Paivenses vão ter a possibilidade de visitar este local de peregrinação com mais de 500 anos de história, pleno de originalidade, uma aldeia com centro histórico formada pela acção dos jesuítas sob a égide da Universidade de Coimbra e toda uma atractiva zona envolvente, onde de destacam a célebre Gruta da Capela da Lapa, o Pelourinho, o Miradouro da Srª da Piedade, a Nascente do Rio Vouga e a Fonte dos Clérigos.

No regresso a casa, a paragem está agendada para o Parque da Zona Termal de S. Pedro do Sul , num local idílico de grande beleza e atractividade, onde para além do lanche, os participantes voltam a ter um agradável momento de convívio e animação musical, para evidenciar a alegria desta grande jornada de confraternização da família paivense.

Recorde-se que  “Passeio Convívio Sénior” é uma iniciativa do programa“Viver Activo, Viver Melhor”, que tem como objectivo a promoção do bem-estar à população idosa do concelho e a sua inclusão na comunidade, e no qual se incluem acções de animação sociocultural e de ocupação dos tempos livres, sendo que o  “Passeio dos Idosos” promovido anualmente pela autarquia paivense, com a colaboração das Juntas de Freguesias, que se realiza desde o inicio dos anos noventa, e ao  longo destes anos, tem permitido a descoberta de várias regiões do país, tornando-se uma tradição enraizada na população paivense, um evento esperado sempre com grande entusiasmo e ansiedade.

Na perspectiva do presidente da CM, Gonçalo Rocha, que destaca a importância desta iniciativa, depois do sucesso alcançado nas últimas edições, o “ Passeio Convívio Sénior /2014 ” visa continuar a estimular a vida activa, quebrar o ciclo de solidão e de isolamento (que tantas vezes acompanha o quotidiano de muitos idosos), e fortalecer a sua auto-estima e, acima de tudo, deve ser uma iniciativa solidária, cooperante e humanizada para com este grupo da nossa população, que espera carinho de todos nós e reconhecimento pelo contributo que já deram para o engrandecimento da nossa terra.

                Conforme o planeamento da autarquia paivense, os passeios estão programados para os dias 22 ( S. Martinho – Sardoura e Real ) , 27 ( Fornos - Sobrado- Bairros ) e 29 de Agosto ( Raiva - Pedorido e Paraiso ), num total de 40 autocarros, contemplando os idosos de todas as seis freguesias do concelho, ultrapassando mais de 2000 presenças neste evento.

Como habitualmente, esta jornada de convívio dos idosos de Castelo de Paiva, tem colaboração das Juntas de Freguesia, com animação musical assegurada pela própria CM de Castelo de Paiva e também com grupos oriundos das próprias freguesias, sendo que nesta jornada de convívio  da família paivense, evidencia-se a empenhada colaboração da Reitoria do Santuário da Sr.ª da Lapa e das CM de Castro Daire e de S. Pedro do Sul,  para além da colaboração, em termos de assistência permanente, dos Bombeiros Voluntários de Castelo de Paiva.

 

Carlos Oliveira

Gabinete de Imprensa e Relações Públicas

Bar do Lago apresenta livro "Bombeiro Como Nós" no dia 7 de Março

Livro Bombeiro Como Nós
 
Escritor Miguel Amori apresenta obra, no Bar do Lago em Penafiel no dia 7 de Março, sexta-feira, às 22h, com o intuito de homenagear os Soldados da Paz espalhados pelo nosso país. Uma obra onde podemos conhecer as virtudes do trabalho voluntário destes heróicos mortais: os bombeiros.
Bombeiro Como Nós é o livro esperado. Revela alguns momentos vividos de forma intensa pelos Soldados Da Paz, as aventuras vividas em grupo, os momentos de pânico ultrapassados, a solidariedade demonstrada para com as pessoas e colegas voluntários.
Nesta obra cruzam-se duas formas de entender a realidade vivida pelos Soldados da Paz através de histórias e de realidades que nos convidam a reflectir e a sentir mais intensamente os riscos vividos em todos os instantes por estes heróis mortais. Do passado ao presente, encara-se o futuro com outros olhos.
De um estranho rebentamento de um pneu aos momentos patenteados por uma corporação de Bombeiros Voluntários despedaçada, a um país de luto, fazem repensar qualquer um de nós.
Um livro realista que nos mostra o espírito solidário, a entrega gratuita, a disponibilidade permanente e os riscos vividos pelos Soldados da Paz. “Retrata vivências inamovíveis que prendem o leitor a um universo textual de emoções e sentimentos. Na sua afirmação, as atitudes, os gestos, os pensamentos, o sentir do narrador convergem para uma partilha emocional unificadora com o leitor” (do prefácio de Rosa Pais).
Uma justa homenagem, simplesmente.